O desemprego da zona do euro cai em abril para mínimos de março de 2009

A taxa de desemprego da zona do euro caiu ligeiramente em abril até 9,3 %, a cifra mais baixa registrada nos países do euro, a partir de março de 2009, enquanto no conjunto da União Europeia (UE) situou-se em 7,8 %, também uma décima percentual a menos que em março deste ano.
Segundo informou hoje o escritório estatístico europeu, o Eurostat, Portugal volta a situar-se como o segundo Estado-membro da UE com mais desemprego, atrás de Grécia, com uma taxa de 17,8 %, quatro décimos abaixo da registrada em março.
Se se realiza a comparação homóloga com abril de 2016, o desemprego baixou nove décimos percentuais, tanto na zona euro como em os Vinte e oito.

About author