Madrid analisa a documentação apresentada pelo Cordish para construir sua macrocomplejo de lazer

“Todos os investimentos são bem-vindos na Comunidade”, disse Engracia Hidalgo, conselheira de Economia, Emprego e Finanças da região.
A conselheira de Economia, Emprego e Finanças da Comunidade de Madrid, Engracia Hidalgo, afirmou nesta sexta-feira que técnicos do Executivo autonómico estão analisando a documentação apresentada pelo grupo norte-americano Cordish para levantar um complexo de lazer em Torres de la Alameda sob a figura de Centro Integrado de Desenvolvimento (CID) e comunicam-quando o tenham decidido.
Assim o garantiu na Assembleia de Madrid, quando quase se cumpre um mês desde que Cordish inseridas pela segunda vez o seu projeto para fazer a sua macrocomplejo de lazer.
Hidalgo indicou que, como da primeira vez, está fazendo uma “análise exaustiva” da documentação apresentada e foi relatado que, se precisam de relatórios de endereços gerais suspende o prazo de um mês, que tem a Comunidade de Madrid para responder a companhia norte-americana.
A conselheira disse que, quando têm a informação a comunicar e indicou que “todos os investimentos são bem-vindos na Comunidade”.

About author