A inflação na OCDE em abril escala para 2,4%, seu nível mais alto em cinco anos

A taxa de inflação homóloga da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) situou-se no passado mês de abril, em 2,4%, um décimo a mais do que no mês anterior e o seu nível mais elevado desde abril de 2012.
Portugal é o quarto país com maior aumento de preços, em abril, com 2,6%, atrás apenas da Turquia (11,8%), Estónia (3,6%) e Bélgica (2,7%).
Em particular, o crescimento do IPC reflecte o efeito do aumento dos preços da energia, que subiram de 8,2% em abril, embora este nível representa uma redução de quase um ponto percentual em relação ao valor de março (9,1%). Por sua parte, o preço da alimentação subiu em abril até 1,1%, dois décimos a mais que o mês anterior.
Desta forma, a taxa de inflação subjacente, aquela que exclui o efeito dos preços da energia e da alimentação, devido a sua volatilidade, situou-se em 1,9%, face a 1.8% em março.
Estabilidade dos países
Entre os países-membros do Clube dos países desenvolvidos a taxa de inflação manteve-se em geral estável, enquanto se recuperou em países como Itália ( 1,9%), Alemanha ( 2%) ou Reino Unido (2,7%).
Do outro lado da balança, os Estados Unidos são o único país pertencente ao G7 que a inflação caiu, desde o 2,4% registrados em março até 2,2% em abril.
Para a área do euro, medido a partir do Índice de Preços no Consumidor Harmonizado, que permite fazer comparações entre países, aumentou para 1,9% em abril frente a 1,5% de março. A inflação subjacente na zona do euro foi de 1,2%.
Dado antecedência de maio
Neste sentido, a OCDE afirmou que o dado antecedência de maio oferecido pelo Eurostat para a área do euro abrandou até 1,4% e 0,9% de acordo com a inflação subjacente.
Entre todos os países da OCDE, as maiores taxas de inflação para o mês de abril corresponderam a Turquia ( 11,8%), Estónia ( 3,6%), Bélgica ( 2,7%) e a Espanha ( 2,6%). Ao contrário, os países com menor inflação registraram foram Islândia (-0,9%), Irlanda ( 0,7%) e Suíça ( 0,7%).

About author