A balança de conta corrente obtém um excedente de 1.500 milhões de euros no primeiro trimestre

A balança de conta corrente, que mede as receitas e pagamentos no exterior, através da troca de bens, serviços, rendimentos e transferências, registrou um superávit de 1.500 milhões de euros no primeiro trimestre, frente ao déficit de 500 milhões do mesmo período do ano anterior, segundo dados do Banco de Portugal.
O saldo da balança de conta corrente registrado até março explica-se pelo maior superávit do turismo e também para o menor défice de rendimentos primária e secundária, enquanto que a conta de capital registrou superávit de frente para o equilíbrio de 2016.
Bens e serviços
Em concreto, a balança de bens e serviços registou um excedente de 3.700 milhões de euros até março, frente aos 4.300 milhões do mesmo período de 2016, enquanto que o turismo e as viagens, registraram um superávit de 6.100 milhões de euros, 300 milhões a mais que os obtidos no mesmo período do exercício anterior.
Por sua parte, os rendimentos primária e secundária tiveram um déficit de 2.200 milhões de euros, menos de metade do que os 4.800 milhões registrados um ano antes, e a conta de capital registrou um superávit de 400 milhões, de frente para o equilíbrio do mesmo valor de um ano antes.

About author